Sexta, 12 de Julho de 2024
Colunas e blogs Relacionamento

Sinais que indicam que você está vivendo um Relacionamento Abusivo

Esteja atento(a)!

18/08/2021 às 10h13 Atualizada em 18/08/2021 às 11h04
Por: Dielle Gomes
Compartilhe:
Sinais que indicam que você está vivendo um Relacionamento Abusivo

Antes de tudo, você sabe o que é um Relacionamento Abusivo?

O termo tem se tornado cada dia mais popular, porém ainda existe uma confusão quanto a sua definição e é constantemente confundido com Relacionamento tóxico.

O relacionamento abusivo como o próprio nome diz, é quando existe um abuso de poder em alguma das partes.

Esse abuso de poder, frequentemente vem acompanhado de manipulação, esta tornando-se a principal característica do abusador.

A manipulação pode acontecer de forma explícita, ou de forma implícita.

A forma explícita é aquela através de imposições, a pessoa impõe o seu desejo e exige que este seja atendido.

A forma implícita acontece geralmente nas entrelinhas, através de chantagem emocional, digamos que é o golpe mais baixo para ter seus desejos atendidos.

 

E como identificar?

Você precisa atentar-se a alguns sinais. 

Geralmente o início de um Relacionamento Abusivo é como qualquer um outro. 

 

A primeira fase é a do romance, sendo que o abusador tende a ser ainda mais intenso na conquista.

Ou seja, não poupa esforço para que a conquista seja consolidada.

Depois os sinais começam a surgir, tais como mudanças repentinas. Como por exemplo mudanças de humor, sem um motivo aparente. Momento que a vítima começa a sentir- se insegura e com culpa por acreditar que fez algo de errado que veio a prejudicar o relacionamento.

E progressivamente as mudanças vão ocorrendo, a violência vai ganhando espaço. Quando falo de violência não me retrato apenas a física, o abuso psicológico também é uma violência.

 

Saiba quais as principais características de um relacionamento que está acontecendo o abuso:

- Manipulação

O abusador sempre encontra uma forma para que seus desejos sejam atendidos. A vítima não tem voz nem vez na relação.

- Isolamento da vítima

Aos poucos a vítima vai perdendo o contato com familiares e amigos, por interferência do abusador, pra ele não é interessante que alguém perceba que o relacionamento não está saudável, tampouco interfira na dinâmica. Esse afastamento muitas vezes é confundido com ciúmes ou cuidado excessivo.

- Depreciação

A vítima é muito desvalorizada em todos os contextos, por mais que se  esforce, nunca consegue agradar.

- Violência

Geralmente começa com alteração no tom de voz, depois começa de forma sútil, as agressões físicas vão surgindo.

Um aperto no braço, um puxão de cabelo, e o final que pode ter, todos os dias vemos nos noticiários.

 

Importante saber é que nem todo relacionamento abusivo existe violência física, mas não deixa de ser abusivo.

O jogo de manipulação proposto pelo abusador tem o poder de adoecer mentalmente a vítima e causar consequências como crises de ansiedade, depressão, estresse, entre outros.

Vale ressaltar a importância da identificação do abuso, já nas primeiras fases do clico abusivo, tanto para evitar um dano emocional e psicológico maior a vítima, quanto para que este torne-se mais um número na estatística de caso de femicídio.

Se você está passando por este problema no seu relacionamento, ou conhece alguém que esteja, procure um Especialista em Relacionamentos.